26 de abril de 2018
Redação Alternativa

migracao-do-ERP-mitos-e-verdades---Alternativa-Sistemas

Assim como na implantação de um ERP, na migração de sistemas é necessário tomar uma decisão consciente e bem planejada. Por isso conversamos com Gustavo Lourenço, gerente comercial da Alternativa Sistemas, para esclarecer todas as etapas desse processo:

É verdade que a instalação um ERP é demorada?

GL-  A instalação do ERP depende de algumas variáveis, como, por exemplo, se a infraestrutura do cliente está de acordo com máquinas, impressoras, certificado digital e outros requisitos.  Além disso, o que mais “consome” tempo na implantação de um ERP é a importação de dados.  Se um novo cliente estiver com a infraestrutura pronta, e não há importação de dados a fazer, o prazo médio para instalação, configuração e treinamento no ERP fica em torno de 5 dias úteis.  Caso haja importação de dados – seja de outro ERP ou de alguma plataforma – o prazo pode variar bastante, pois o cliente precisa disponibilizar essas informações para uma importação organizada e precisa. E nem sempre temos esse cenário, contudo podemos afirmar que em média são necessários entre 20 a 30 dias neste caso.

 

Toda vez que você contrata um ERP é preciso recadastrar todos os dados?

GL- Não.  Se as informações do cliente puderem ser exportadas do antigo software, faz-se a importação dos dados no novo ERP.  Somente será necessário recadastrar caso não tenha como extrair os dados anteriores.

 

Todo ERP com servidor remoto é cloud? Qual a diferença dele para o outro?

GL- Na construção do ERP, este pode ser feito em 3 formas de arquitetura: Web, Local ou Nuvem (Cloud).  De uma forma bem simples podemos explicar a diferença da seguinte forma: um ERP Web é aquele que é utilizado diretamente no seu navegador (Chrome, I.E., Firefox e outros); já o ERP Local é aquele que necessita de servidor físico no estabelecimento de uso do cliente; por sua vez, o ERP Cloud é aquele que utilizado em um servidor remoto, chamado de servidor em Nuvem (Cloud).  No caso do ERP Master da Alternativa, o software tanto pode ser instalado num servidor local como num servidor em nuvem.

 

É verdade que o ERP faz tudo por você de forma automática?

GL- Com toda a certeza o ERP vai automatizar a maioria dos processos internos de sua empresa, porém não podemos dizer que tudo será feito de forma automática.  Isso porque ainda há processos em que o usuário do ERP deve tomar decisões – como pedidos de compras, devoluções de vendas ou produtos, emissão de notas fiscais, conciliações bancárias etc.  Nestes casos o ERP ajuda – e muito – no fluxo dos processos, fornecendo mais segurança ao gestor para realizar essas decisões, mas nem tudo é ou pode ser 100% automatizado, pois temos necessidade da análise do usuário em algumas situações.