27 de novembro de 2018
Redação Alternativa

Dicas-de-manutençao-da-segurança-da-informaçao---Alternativa-Sistemas

Iniciar uma nova tarefa nunca é fácil, pois envolve desafios e incertezas, mas a recompensa de ter aprendido algo novo ou os ganhos que podemos alcançar ao enfrentar a novidade são imensuráveis. Sem perceber, desde pequenos somos treinados a enfrentar esses desafios. Começamos a nossa aventura pelo risco indo para a escola a primeira vez, quando temos de ficar longe da família por um período maior do que estávamos acostumados; mas o tempo passa e essa novidade se torna uma atividade normal e recompensadora, porque ganhamos amigos e descobrimos todo um mundo novo e diferente.

Quando resolvemos empreender também enfrentamos diversas novidades e incertezas que assustam e exigem de nós coragem e resiliência, mas é importante lembrar que toda empresa de sucesso um dia foi pequena e passou por dilemas, inseguranças e precisou apostar nos riscos para alcançar o sucesso.

Nathalia Inada, co-fundadora da empresa Fruta Imperfeita, afirma que “conforme a empresa vai crescendo, os desafios vão mudando” e por isso é importante estar sempre atento às novidades do mercado e atualizações tecnológicas. E no caso do mercado virtual essa atenção deve ser ainda maior, Inada pontua que “quem tem um e-commerce precisa estar atento às transformações, porque em questão de segundos, todo o cenário pode mudar rapidamente. Por isso temos que consumir conhecimento, precisamos saber o que está vindo. É essencial”.

E quando todo esse conhecimento é associado a um planejamento sólido e estratégico, é que a formula do seu sucesso começa a ser desenhada. Isso porque não existe uma “receita pronta” para que um empreendimento dê certo, pois cada negócio tem características e especificidades que lhe tornam único, portanto as suas soluções também serão únicas.

Independente de quais desafios e dificuldades o seu negócio vai enfrentar, é importante ter em mente que os erros fazem parte da caminhada para o sucesso. Robinson Shiba, fundador do Grupo TrendFoods, em palestra durante o Rakuten Expo 2018, contou que mesmo com um planejamento sólido a sua primeira empresa, China in Box, passou por muitos erros até encontrar o caminho para o crescimento: “me preocupei tanto em ser uma marca inovadora no mercado, que os clientes não sabiam o que eu vendia, precisei dar muitos yakissobas de graça no começo”. E mesmo com um desafio tão grande no início, hoje a rede China in Box tem mais de 200 lojas franqueadas pelo Brasil, demonstrando que não tem problema errar, só é preciso sempre encontrar soluções.

Ao mesmo tempo, é muito importante conhecer o seu consumidor e compreender o que ele espera de você. Neste sentido, as PME podem encontrar o seu caminho de destaque, já que têm a possibilidade de oferecer mais proximidade e intimidade ao consumidor do que uma empresa grande. Isso aumenta as chances de você conhecer o seu cliente de perto e ser – muitas vezes – o primeiro a lhe oferecer aquilo que ele espera.

Além do consumidor, também é importante cuidar do “pessoal de casa”. Por isso, se a sua empresa quer oferecer o melhor atendimento ao consumidor e prosperar, o primeiro passo é cuidar de seus funcionários, oferecendo treinamentos, plano de carreira, ambiente de trabalho agradável e estímulo ao crescimento, pois se o seu funcionário quer crescer, a sua marca cresce junto.

E para que o crescimento seja sólido e possível, também é muito importante ficar de olho na concorrência, já que fica na frente quem estiver mais atento às novidades do mercado, portanto, se o seu concorrente ofereceu uma inovação ou melhoria ao cliente, não reclame dele: trabalhe para ser melhor e mais rápido!

É importante não esquecer também do investimento: se a empresa lucrou, parte desses ganhos devem ser reinvestidos na própria marca para que ela consiga se tornar cada vez melhor. Não tem como fugir dessa lógica de investimento, pois uma empresa só vai conseguir crescer e melhorar se mais for investido nela. E para quem está começando é preciso ter muito cuidado em como fazer esse investimento; o ideal é que a própria empresa consiga levantar esse capital, de forma que recorrer as linhas tradicionais de crédito deve ser realmente a última solução. Antes crescer devagar, mas com segurança, do que rapidamente com base na incerteza.

Todas essas dicas fazem parte do be a bá do empreendedorismo, mas vão lhe acompanhar durante toda a sua vida de empresário/a. Isso porque elas envolvem muita atenção e cuidado, seja na hora de desenvolver uma estratégia pontual ou criar o seu plano de negócio, exigindo sempre uma coisa em mente: a positividade e a vontade de sempre vencer.