19 de maio de 2021
Redação Alternativa

Por que utilizar um ERP na sua empresa - Blog Alternativa Sistemas

Por que a sua empresa deve adotar um ERP? Um ERP – Enterprise Resource Planning (ou em português, Planejamento de Recursos Corporativos) é um sistema de gestão que une vários micros sistemas (sistema de estoque, de finanças, de pagamentos, de impostos, de vendas etc) em um único ambiente.

Ele é ideal para otimizar processos e melhorar a comunicação interna no seu negócio. No mercado, há soluções de ERP para e-commerce e ERP para loja física, impactando positivamente em diferentes modelos de negócio.

No post de hoje, vamos ver alguns benefícios de implementar esse modelo de plataforma na sua empresa.

1.  Integração de dados

Seja com um ERP para e-commerce um ERP para loja física, é possível integrar os dados entre os departamentos e também garantir a movimentação desses dados pelos vários setores da empresa. Portanto, neste cenário, tem-se uma administração centralizada com fluxo de dados sendo transmitido entre os funcionários.

Além disso, os softwares permitem emitir relatórios gerenciais com dados sobre os seus processos. Assim, você consegue estabelecer estratégias baseadas em informações confiáveis sobre o negócio e tomar decisões orientadas por dados.

2.  Comunicação interna

Um ERP ajuda na comunicação interna da sua empresa. O sistema permite delegar funções para diferentes funções. Assim, os profissionais recebem notificações automáticas, agilizando o trabalho de toda a equipe.

Com isso, a facilidade de comunicação oferecida pelo sistema de gestão aumenta a produtividade do time e economiza o tempo dos profissionais, que não precisam perder tempo com atividades manuais e podem se dedicar a atividades estratégicas.

3.  Redução de erros

Uma vez que um software de gestão automatiza tarefas e conta com um processamento de dados rápido e eficiente, esse sistema evita possíveis erros humanos, por exemplo, em cálculos financeiros ou tributários.

Isso também contribui para a otimização da produtividade do time e a redução de custos com retrabalho. Você também evita perdas financeiras importantes por possíveis erros de cálculo.

Além disso, a automatização dos processos também diminui o consumo de papel, diminuindo a chance de confundir ou perder documentos importantes. Um sistema de gestão também é uma alternativa excelente em relação a um gerenciamento por planilhas, já que neste último caso você pode sofrer com informações duplicadas ou se perder no meio de muitas versões de arquivos semelhantes.

4.  Relatórios eficientes

Como falamos no primeiro tópico, a integração dos dados em um sistema de gestão permite que as informações sejam  facilmente extraídas através de relatórios para apoio gerencial e ainda, ajudar na tomada de decisões.

Assim, a gestão da sua empresa ganha em transparência e credibilidade. Isso simplifica e agiliza processos internos do seu negócio Além disso, os relatórios permitem acompanhar indicadores importantes para a empresa e criar metas com o objetivo de construir uma cultura de melhoria constante.

Por fim, os dados ajudam a monitorar a performance do time e a estabelecer uma metodologia de recompensas de acordo com esse desempenho.

5.  Controle de processos

Para empresas que possuem uma loja virtual, um ERP para e-commerce traz um ganho significativo ao lidar com grandes volumes de pedidos. Isso acontece porque essas solicitações podem ser gerenciadas por várias pessoas ao mesmo tempo e com atualizações de status em tempo real.

Outra vantagem do ERP para e-commerce é que o controle de processos é feito automaticamente pelo sistema, com fluxos de trabalho e notificações para os responsáveis.

As automações dispensam o trabalho manual, agilizando as ações rotineiras do negócio, trazendo melhores resultados em menos tempo.

6.  Integração de canais

Se você tem um e-commerce e uma loja física ou está presente em um marketplace o ERP pode ser uma saída bastante eficiente para integrar todos os seus espaços de vendas.

Um ERP oferece gestão integrada de estoque, permitindo controlar entradas e saídas, além de acompanhar o seu fluxo de caixa e facilitar o processo de projeção de vendas.

Além disso, integrar seus canais de venda ajuda a entregar uma experiência mais fluida ao seu cliente ao longo da jornada de compra. Assim, a satisfação que ele tem com o seu serviço também cresce, garantindo maior credibilidade para a sua empresa.

Da mesma forma, essa integração contribui significativamente para a melhora na comunicação com os consumidores, assim como com o time, evitando ruídos entre os profissionais e agilizando a resolução de problemas.

Tudo isso também contribui para a experiência dos clientes e também dos funcionários. Com uma melhor comunicação e maior produtividade, o time realiza um trabalho com mais significado, trazendo qualidade de vida para os profissionais.

Agora, confira um infográfico sobre os benefícios que um ERP traz para a sua loja física ou e-commerce!

Vantagens de adotar um sistema de gestão

Agora que você já tem 6 motivos para utilizar um ERP na sua empresa, confira o infográfico abaixo com um resumo das vantagens em adquirir um sistema de gestão para a sua empresa:

Infografico - vantagens de utilizar um ERP na sua empresa

Viu só como o ERP pode contribuir para a administração de diversas áreas do negócio? Essa ferramenta é uma poderosa aliada da gestão da empresa, como veremos a seguir!

ERP e gestão da empresa

Qual a melhor opção para o seu negócio, um ERP para e-commerce ou um ERP para loja física? Qualquer que seja o caso, esse modelo de software pode ser um grande aliado do seu negócio, unificando e integrando processos.

E mais! Essa ferramenta une e integra operações que até então estavam disseminadas e separadas pela empresa, garantindo assim, eficiência e eficácia no gerenciamento do seu negócio.

Um sistema de gestão é uma excelente solução para aliar às suas estratégias e faturar mais com as suas vendas na loja física, no e-commerce ou no marketplace. Quer saber como? Então, confira nosso blog post sobre o assunto: Como o ERP pode ajudar sua empresa a faturar mais?

Post originalmente postado em: 8 de setembro de 2015.