31 de outubro de 2017
Redação Alternativa

descubra-o-que-sao-insurtechs---Alternativa-Sistemas

A tecnologia está sempre em busca de inovar o mercado. Seja no cotidiano comercial ou no mercado financeiro, é sempre possível associar os avanços do mundo tecnológico a melhorias no nosso dia-a-dia. E o setor de seguros não fica de fora dessa realidade, daí o surgimento das Insurtechs: uma junção de Insurance (seguro) + Technology (tecnologia).

Essa novidade busca modificar o cenário mercadológico dos seguros, apresentando novas maneiras de as empresas se relacionarem com os clientes, assim como mostrando a essas empresas como aplicar novos modelos de negócios aos empreendimentos da área. O principal objetivo das startups que atuam neste nicho é o de trazer as seguradoras para o ambiente virtual e retirá-las do conservadorismo predominante no setor.

Além de associar as melhorias e novidades que a tecnologia pode oferecer ao ramo de seguros, as Insurtechs também tem o objetivo de se adaptar às mudanças comportamentais sofridas por seus clientes nos últimos anos. Diferente dos clientes de 20 anos atrás, os clientes de hoje esperam que as empresas lhe conheçam e preencham suas necessidades de forma flexível e personalizada, características pouco comuns entre as empresas de seguros tradicionais.

Ao mesmo tempo, as Insurtechs têm reestruturado as empresas seguradoras ao substituir processos burocráticos e demorados por automatizações inteligentes e bem adaptadas à realidade de cada empresa e cada público-alvo almejado.  Embora essas modificações exijam alguns investimentos no início – como a implantação de um ERP personalizado, por exemplo – é notável que a longo prazo as inovações reduzem os custos processuais, além de agilizar e facilitar o trabalho cotidiano da empresa.

Essas melhorias trazem reflexos na relação entre empresa-cliente, já que ao otimizar a gestão dos processos internos a empresa tem mais espaço para compreender as necessidades de seus consumidores, podendo oferecer produtos mais flexíveis e acessíveis ao mercado. Desse modo, o ramo das seguradoras pode expandir seus horizontes, inovando de modo produtivo e lucrativo.