9 de junho de 2021
Redação Alternativa

redes-sociais-como-elas-podem-ajudar-nas-vendas-do-seu-e-commerce---Alternativa-Sistemas

Desde que a Classmaster foi criada, primeira rede social que surgiu em 1995 nos Estados Unidos e Canadá, o mundo nunca mais foi o mesmo. Na época, o objetivo do site era apenas conectar estudantes de uma universidade local. Contudo, o conceito foi tão revolucionário que transformou tudo que as pessoas já sabiam sobre relacionamentos e comunicação. 

De acordo com a pesquisa The Global State of Digital, elaborada em 2019 pela Hootsuite e We Are Social, cerca de 3,484 bilhões de pessoas já utilizam redes sociais. Isso representa 45% da população mundial. 

Mas esse número ainda é pequeno comparado às expectativas. A CupoNation, multinacional alemã que funciona como um portal de cupons de descontos das principais lojas virtuais, afirma que os usuários de redes sociais crescerão mais de 20% até o final de 2023. Isso apenas no território brasileiro. 

Para o consumidor digital esses indicadores não significam muita coisa. No entanto, para as empresas de e-commerce, esse crescimento representa um oceano de oportunidades para expandir os negócios e alavancar as vendas.

Nunca parou para pensar nas redes sociais como uma alternativa para vender mais na internet? Se a resposta for não, prepare-se! O post de hoje vai ajudá-lo a refletir melhor essa ideia, e descobrir como essas plataformas podem ajudar o seu negócio a crescer. 

Boa leitura! 

Redes sociais: um oceano de oportunidades  

Até pouco tempo, as empresas precisavam atrair a atenção dos usuários até suas lojas físicas para aumentar as vendas. O marketing era feito boca a boca e os empreendedores precisavam disputar os clientes com outros estabelecimentos próximos.

Em uma cidade pequena, com cerca de 60 mil habitantes, as vendas se resumiam unicamente a esse público. E não havia perspectivas de crescimento se a empresa não abrisse uma filial em outra localidade.

Desde que a internet surgiu, as oportunidades de vendas não precisam mais ficar limitadas aos habitantes de uma única região. A web facilitou a interação com o público, tornando possível alavancar a marca e até vender produtos para outros estados e países por meio de sites e redes sociais.  

Dados levantados pela GlobalWebIndex, empresa que fornece uma visão de público para editores, agências de mídia e profissionais de marketing em todo o mundo, mostram que 98% dos consumidores na internet já são usuários de redes sociais. 

A pesquisa também mostra que o tempo diário gasto nos sites de relacionamento mudou consideravelmente de 2018 para 2019, passando de 2 horas e 15 minutos para 2 horas 22 minutos. Mas o que isso tudo significa para o empreendedor que vende online? 

Que é possível ampliar a sua rede de contatos, divulgar a marca e atrair compradores não importando a sua localização por meio dos sites de relacionamento.

Usar as redes sociais para comercializar produtos não é uma obrigatoriedade. A empresa pode usar apenas o seu site para vender os produtos, caso queira. Mas, depois de conferir as estatísticas, fica difícil de acreditar que algum empreendedor vai deixar de navegar nesse oceano de oportunidades conhecido também como redes sociais.

Como as redes sociais podem ajudar o seu negócio

Agora que você já sabe que as redes sociais concentram um grande volume de usuários, vamos ao que realmente interessa: descobrir como, exatamente, esses sites de relacionamento podem ajudar a sua empresa, seja um e-commerce ou uma loja física, a vender mais.

Para sermos objetivos, separamos esse tópico em 3 categorias: 

1- Redes sociais geram engajamento e melhoram a comunicação

Uma das principais vantagens de usar as redes sociais é que elas melhoram (e muito) a aproximação e comunicação com os usuários. 

Facebook, Instagram, Lindekin e o Twitter, por exemplo, são algumas das plataformas que podem ser usadas pela sua empresa para responder dúvidas, lançar ofertas e até mesmo divulgar explicações em poucos cliques.     

Veja só o caso da gigante Netflix. A plataforma de streaming, provedora global de filmes e séries de televisão, responde com frequência os seus usuários pelo Instagram e Twitter. 

À primeira vista esse comportamento não parece fazer diferença nas vendas, certo? Mas o que atrai mais a atenção do público se não um bom atendimento e uma empresa disposta a escutar?

2- As plataformas tornam a marca mais conhecida

O Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin são redes sociais que utilizam hashtags para aumentar a visibilidade das publicações. Assim sendo, a sua empresa pode usar desse mecanismo para alcançar um maior número de pessoas e atrair a atenção do público diretamente para a sua página. 

Já pensou fazer uma publicação no Instagram para divulgar um produto novo, usar a hashtag #produtospersonalizados e do nada alcançar muitas pessoas em um só dia? Em poucos instantes você pode tornar a sua marca conhecida e, por meio disso, aumentar as vendas.

3- As redes permitem entender os hábitos de compra e mapear preferências 

Outro benefício das redes sociais é que elas permitem que os perfis comerciais acompanhem estáticas sobre os usuários que seguem a página da empresa.

No Instagram você pode acessar dados analíticos sobre o perfil do cliente e conferir recursos exclusivos para lançar anúncios ou campanhas. Não só isso, usar ferramentas para vender os seus produtos, ou conectar a rede a outros canais de atendimento por meio de botões.

Assim como o Instagram, o Facebook também pode ser utilizado para entender os hábitos de compra do consumidor. Isso porque também fornece estatísticas atualizadas sobre os usuários e a força do engajamento nas publicações.

Agora pense, quais são as chances da sua empresa aumentar as vendas se mapear as preferências e direcionar todas as estratégias com base nessas estáticas? 

Sem dúvida, as redes sociais são ferramentas excepcionais para alavancar os negócios. Seja para divulgar a marca, melhorar a comunicação ou vender produtos. 

No entanto, para garantir o máximo de desempenho e tornar a experiência do cliente a melhor possível, é necessário que a sua empresa saiba como as redes sociais funcionam na prática. Não só isso, realize pesquisas para entender o hábito de compra e o comportamento do consumidor digital.

Se você gostou do tema deste post, acesse nosso Infográfico “A sua empresa está preparada para o consumidor digital?” para descobrir quais são as principais características desse novo consumidor. E, a partir daí, prepare o seu negócio para atender este perfil de cliente.