10 de novembro de 2017
Redação Alternativa

tire-as-suas-duvidas-sobre-o-cancer-de-próstata---Alternativa-Sistemas

Muitas pessoas não gostam de ir ao médico, mas é importante realizar check-ups periódicos para verificar como está a sua saúde e diagnosticar possíveis doenças de maneira precoce. Diferente do que muitos homens imaginam, para a prevenção do câncer de próstata, o acompanhamento médico deve ser realizado a vida toda.

Por isso, neste Novembro Azul, vamos dedicar nossa campanha à conscientização dos homens sobre a importância de procurar um urologista de maneira periódica e ao longo de toda a vida, assim como as mulheres fazem em relação às consultas ginecológicas.

o-câncer-de-próstata-no-brasil-Infográfico--Alternativa-Sistemas

Fonte: Dados do Hospital Daher

Como aponta o Dr. Eduardo Barros, urologista e especialista em andrologia – medicina sexual reprodutiva masculina – “o câncer de próstata é o segundo tipo de cancêr mais comum entre os homens, sendo que em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum de câncer”. A doença ainda apresenta uma taxa de incidência maior nos países desenvolvidos, em comparação aos países em desenvolvimento.

O médico, ainda aponta que o exame de rastreamento do câncer de próstata é recomendado a ser iniciado a partir dos 40 anos em homens negros – devido a maior propensão desta etnia ao desenvolvimento da doença – e a partir dos 45 anos em homens não negros.

A primeira recomendação é que se realize a dosagem de PSA (Antígeno Prostático Específico) no sangue e o exame de digital do reto – mais conhecido como “toque retal”. O Dr. Eduardo aponta que “Infelizmente apenas a dosagem do PSA no sangue não é suficiente. Nem o toque retal descarta a dosagem do PSA e nem o contrário é verdadeiro, ambos são complementares”.

A importância de realizar os exames de maneira periódica se dá no sentido de aumentar as chances de diagnosticar a doença logo em seu início e iniciar o tratamento antes que a mesma se torne agressiva e diminua as chances de cura. Quando a doença é diagnosticada é necessário encontrar qual o melhor tratamento para o paciente.

Isso porque cada caso é um caso, portanto o tratamento deve ser pensado de maneira individualizada: as estratégias de tratamento vão desde uma observação do quadro, radioterapia, estratégia hormonal até a realização de uma cirurgia para a retirada completa da próstata.

De qualquer maneira, é importante levar essa ideia de prevenção adiante e divulgar a importância de se realizar o exame de próstata para que cada vez mais os casos de câncer de próstata sejam diagnosticados de maneira precoce, aumentando as chances de sucesso do tratamento. Que tal você compartilhar essa matéria e conscientizar seus amigos e familiares sobre a doença? Seja azul junto com a Alternativa nesse novembro, compartilhe!