8 de agosto de 2017
Redação Alternativa

quero-abrir-um-negocio-e-agora---Alternativa-Sistemas

Independente do tipo de negócio a ser aberto, o primeiro passo que o empresário/a deve ter é ter acesso a “um contador e um plano de negócio para poder abrir sua empresa perante a Junta Comercial”, segundo Fabio Garcia Leal Ferraz – Professor de Direito Empresarial e Sócio do Escritório Bernardini & Advogados.

De acordo com uma pesquisa realiza pela Firjan, o custo inicial médio para abrir uma empresa no Brasil é de R$ 2038,00, portanto é necessário estar preparado para realizar este investimento com os custos de abertura na fundação do negócio. E isso é válido tanto para as empresas físicas quanto virtuais.

Maurício Queiroz – Professor Universitário e Advogado especialista em Direito Tributário – complementa essa ideia apontando que “regra geral, não há diferenças relevantes entre os trâmites básicos para abertura de uma empresa virtual e uma empresa física, quer dizer: ambas precisam de um endereço físico, de CNPJ, alvará de funcionamento (emitido pela Prefeitura do Município onde a empresa irá funcionar, por exemplo), Inscrição Estadual, registro na Junta Comercial do respectivo Estado da Federação, etc”. Por isso, os gastos com custos de abertura acabam por ser equivalentes.

O registro empresarial é o primeiro passo para a formalização do negócio e para realizar essa etapa são necessários alguns documentos básicos. Para que você entenda melhor como funciona o procedimento inicial, criamos um guia prático dos documentos necessários para a/o futuro empreendedor:

Abrindo-minha-primeira-empresa--Infográfico-Alternativa-Sistemas