4 de agosto de 2020
Redação Alternativa

canais-de-venda-como-escolher-os-meus---Alternativa-Sistemas
O mundo tornou-se cada vez mais vasto e amplo na Sociedade Digital. Ao mesmo tempo em que a conexão via internet cria facilidades e inúmeras possibilidades de aproximar a sua loja do seu consumidor, o mundo virtual é ilimitado e encontra-se a cada dia mais ‘lotado’.

Por isso, nem sempre é fácil encontrar e convencer o seu consumidor de realizar a compra com a sua marca. Neste sentido, quanto mais variada for a exposição da sua marca, as chances de efetivar uma venda junto ao seu público-alvo aumentam exponencialmente.

Mas isso não quer dizer que você deve adotar todo e qualquer canal de venda em seu negócio. É preciso reflexão, conhecimento e estratégia na tomada de decisões neste aspecto.

Pensando nisto, vamos entender melhor o que são? E quais são os Canais de Venda?

O que são canais de venda?

De maneira bem sucinta, canais de venda são os meios/locais através dos quais os seus produtos/serviços chegam até os seus clientes. De modo que estes canais podem ser offline ou online, próprios ou de terceiros ou até mesmo envolver a sua marca de forma direta ou indireta.

Ainda está confuso? Vamos a um exemplo prático e que está bem próximo da realidade do/a empreendedor/a moderno: os marketplaces. Marketplaces são um grande exemplo de canal de venda que é online, de terceiro e que envolve sua marca de forma indireta.

Isso porque neles você consegue expor os seus produtos na vitrine de um varejista bem maior e mais consolidado no mercado através da internet e consegue expor a sua loja, mas de forma não direta, porque o seu cliente é atraído primeiro pelos produtos/serviços expostos e as vezes nem presta atenção de que está comprando com a sua marca, pois o canal de referencia dele é o grande varejista que ofereceu a vitrine.

Além disso, é importante apontar que os canais de venda têm tudo a ver com a sua estratégia de publicidade e divulgação. Portanto, adotar diferenciados canais de venda não significa só envolver a equipe de vendas e estratégia de negócio, também é necessário alinhar as estratégias de marketing junto a esta tomada de decisão.

Quais são os principais canais de venda? 

Os canais de venda são muito variados entre o mundo online e offline, neste contexto, elencamos alguns dos canais de venda de maior destaque e que são mais acessíveis aos empresários/as.

Canais de venda Offline

1. Ponto de Venda (PDV)

Os pontos de venda da marca são ótimos canais de venda para produtos que exigem mais toque e contato do seu consumidor com o produto, como é o caso de empresas do ramo alimentício, de cosméticos ou de roupas/acessórios.

Apesar de as vendas online estarem a cada dia mais consolidadas, é inegável a diferença de o seu consumidor poder tocar, sentir e muitas vezes experimentar um produto antes de realizar a sua decisão pela compra.

E neste ramo, são várias as possibilidades! É possível adotar este canal de venda através da loja própria, através das franquias e também dos distribuidores.

No caso da loja própria, é incrível como cada vez mais este modelo se expande e encontra variações, é possível ter uma loja própria em um local individual próprio e fixo, é possível ter uma loja própria itinerante, como são os carrinhos de lanches, food trucks ou pet móveis, por exemplo.

Ainda é possível ter uma loja dentro de espaços de exposição como shopping, galerias, coworkings e até mesmo dentro de uma loja muito maior, como acontece muito dentro dos supermercados, por exemplo.

2. Venda Direta

A venda direta é bastante popular no Brasil, tanto que hoje possui até versões virtuais desta modalidade. Através da venda direta os seus produtos ou serviços chegam até o consumidor por meio dos/as revendedores/as.

Interessante notar que, nesta modalidade, não necessariamente o seu estabelecimento comercial entra em contado com a venda, já que o consumidor adquire os produtos e serviços através do revendedor, que funciona como um intermediário.

Esta modalidade é muito adotada no ramo de cosméticos e acessórios, sendo uma boa opção de renda extra para os revendedores/as e uma ótima maneira de disseminar a sua marca, sem se preocupar com os custos de abrir novas lojas.

3. Televendas

As vendas através do telefone, ainda hoje, são uma boa opção para marcas que buscam criar um relacionamento com cliente mais interpessoal e personalizado.

Isso porque, por meio do telemarketing, os seus vendedores entram em contato direto com o consumidor. É um ramo bastante popular entre as empresas de telecomunicação para realizar vendas e atualização de pacotes/produtos junto ao seu público-alvo.

Mas é preciso tomar cuidado, para não utilizar este canal de maneira invasiva junto ao seu cliente, sendo necessário respeitar os parâmetros da proteção de dados e privacidade.

Assim como as regras básicas de não importunação ao cliente, porque senão o efeito desta estratégia pode ser reverso e o seu consumidor pode ficar incomodado com este approach.

Canais de venda Online

4. E-commerce

 Assim como o PDV, a loja virtual é uma ótima solução para oferecer um espaço próprio e personalizado para a sua marca e produtos/serviços. Isso porque, através do e-commerce, você consegue personalizar o seu site – o que inclui a categorização e exposição de produtos – oferecer formas de pagamento de acordo com as suas possibilidades, assim como adotar formas de aproximação com o cliente que fazem mais sentido para a sua estratégia.

Apesar de todas essas vantagens, assim como nos PDVs, o grande desafio das lojas virtuais é a de se destacar no mercado. Tendo em vista que são diversos os e-commerces do mesmo ramo com que o seu consumidor vai entrar em contato.

Portanto, é necessário ser estratégico e efetivo na adoção de um e-commerce, para que o seu consumidor seja tão cativado a ponto de finalizar o carrinho de compra até a efetiva venda, com a possibilidade ainda de voltar a sua loja e realizar mais compras futuras.

5. Marketplaces

Como comentamos anteriormente, os marketplaces são uma opção de canal de venda em que os produtos/serviços de sua loja são expostos dentro da vitrine virtual de um grande varejista.

Usualmente, este grande varejista cobra uma comissão das lojas que buscam entrar nesta vitrine em troca de oferecer mais visibilidade e melhor exposição dos produtos.

Uma das grandes vantagens deste canal de vendas, é alcançar uma reputação de destaque junto ao seu cliente, tendo em vista que os marketplaces são vendedores consolidados e bastante populares entre os consumidores.

Outra vantagem é a possibilidade de terceirizar alguns processos burocráticos de venda, como opções de pagamento e muitas vezes opções de entrega.

O grande desafio é garantir que a sua marca terá destaque e será vista como uma marca forte e consolidada, porque, muitas vezes, o consumidor só vincula sua compra ao marketplace que escolheu utilizar e nem ‘repara’ em sua loja.

Também é um desafio de destaque, garantir que todas as informações e dados de sua loja estão sempre em dia e atualizadas junto ao marketplace, pois a exposição de seus produtos/serviços aumenta exponencialmente quando você entra em um marketplace, aumentando os riscos de ruptura de estoque e problemas de troca de informações.

Neste sentido, é necessário ter muito pé no chão e estudar esta estratégia de maneira clínica para não encontrar prejuízos no caminho.

Ao mesmo tempo, ter um parceiro de gestão de informações de confiança e robustez é essencial, por isso, adotar um ERP, por exemplo, em seu processo pode trazer mais segurança à sua marca ao adotar o marketplace como canal de venda.

6. Google Shopping e Google AdWords

Já faz parte do conhecimento do senso comum que o site de busca mais popular entre os usuários digitais do ocidente é o buscador Google. E neste sentido, adotar o Google como um canal de venda pode ser muito estratégico, é o que possibilidade o Google Shoping e o Google Adwords.

Ambos são canais da Google que permitem a maior exposição da sua loja junto ao consumidor e que adotam algoritmos inteligentes para direcionar as recomendações às pessoas mais propensas a consumir o seu produto ou serviço.

Enquanto o Google Adwords realiza isto através da exibição de anúncios vinculados aos termos de pesquisa buscados pelos usuários, o Google Shopping vai além e se torna um ‘buscador de compras’ para os usuários já garantindo a exposição dos produtos, com preço, foto e caraterísticas principais.

Para aproveitar bem estas duas estratégias, é necessário garantir que todas as informações acerca da sua empresa e produtos estão sempre atualizadas junto ao Google, para que as campanhas patrocinadas sejam realizadas com efetividade e que o buscador entenda a sua loja, como uma loja de confiança e que merece destaque junto aos usuários.

7. Redes Sociais

As redes sociais são extremamente populares entre os usuários digitais, por isso mesmo, adotar estas redes como canal de venda pode ser uma estratégia bastante acertada para o seu negócio.

Isso porque é possível criar páginas próprias para a sua marca nestas redes, como é o caso do Facebook e Instagram ou contas comerciais, no caso do WhatsApp Business. Deste modo, você cria um canal de comunicação direto com o seu consumidor e ainda consegue expor e divulgar sua marca e seus produtos/serviços de maneira interativa e simplificada.

No caso do Facebook e Instagram, é possível realizar vendas diretamente por meio dessas redes, já o WhatsApp tem a previsão de oferecer opções de pagamento no Brasil, o que facilitaria bastante o funcionamento comercial por esta rede, todavia esta opção vou pausada pelo Banco Central, devido a questões normativas e burocráticas.

De todo mundo, uma dica valiosa para que a sua marca obtenha sucesso ao adotar as redes sociais como canal de venda é o oferecimento de opções de pagamento digital, seja através de contas em bancos digitais populares ou adoção de meios de pagamento online como apps de pagamento ou mesmo carteiras digitais.

Com quais canais devo trabalhar?

Por óbvio que existem mais canais de venda e são quase ilimitadas as possibilidades neste ramo, mas os canais apontados são os principais e mais importantes adotados quando o assunto é sucesso de vendas.

Neste aspecto, é importante apontar que não existe uma fórmula pronta para garantir o sucesso das suas vendas, independente do canal de venda adotado. Isso porque todos os canais possuem suas particularidades, compostas por vantagens e desafios.

Cabe à sua empresa estudar todas as possibilidades e analisar qual o melhor momento para adotar ou não um canal de venda. De todo modo, é importante ter em mente que em todos os canais, duas características são essenciais à sua empresa: organização e planejamento estratégico.

Com estas duas características bem consolidadas, a sua marca vai encontrar sucesso em qualquer meio adotado, pois vai basear suas decisões em conhecimento e estudo de mercado.

Que tal integrar a gestão de todos os seus canais de venda no mesmo ERP?

Com o ERP Master da Alternativa Sistemas você integra toda a sua operação, independente da quantidade de canais de venda, no mesmo ambiente de trabalho. Simplifique e integre a sua operação com o ERP da Alternativa Sistemas!

Se você quiser saber mais sobre o ERP com o melhor custo-benefício e mais conectado do mercado, fale com os especialistas da Alternativa Sistemas.

Você gostou da reflexão? Para compartilhar cada vez mais ideias interessantes com a gente, acesse todos os materiais disponíveis no Blog Alternativa e fique por dentro de nossas postagens semanais.

Fale com a Alternativa!

Nós da Alternativa Sistemas estamos fazendo a nossa parte e contamos com vocês para continuarmos crescendo juntos hoje e sempre! Por isso, divulgamos o nosso Plano de Ação frente à quarentena em prevenção ao Coronavírus (COVID-19). Neste plano de ação, divulgamos as prioridades que foram estabelecidas para atendimento e suporte durante o período de quarentena.

Estamos somente com atendimento remoto durante o período de quarentena:

– Se você quer vender na internet utilizando as soluções Alternativa como o ERP Master e-commerce, envie um e-mail para comercial@alternativasistemas.com.br ou ligue para (14) 3879-0580. E se você quiser solicitar um orçamento gratuito, de forma online, clique aqui!

– Se você já é cliente Alternativa, priorize seus chamados de suporte e atendimento via Helpdesk. Para acessar o Novo Help Desk da Alternativa, acesse o site: http://alternativasistemas.com.br/suporte

– Se você tem requisições financeiras, envie um e-mail para sac@alternativasistemas.com.br;

– Utilize o Telefone somente para chamados de urgência: (14) 3879-0580. Os chamados de urgência são classificados neste link.

Alternativa Sistemas, crescendo hoje e sempre junto com você.