2 de junho de 2020
Redação Alternativa

a-importancia-do-e-commerce-durante-o-isolamento-social---Alternativa-Sistemas

O comércio eletrônico é uma opção revolucionária de compra desde o seu surgimento, no século XX. Isso porque, nunca a humanidade tinha imaginado ser possível realizar trocas e adquirir produtos a poucos passos, sem necessidade de deslocamento físico do consumidor e com apenas alguns cliques.

Mas a tecnologia chegou e, com ela, a facilidade de efetuar compras diretamente da tela do seu celular. Ainda assim, muita gente era receosa deste meio virtualizado para adquirir certos produtos – ou qualquer produto no caso de algumas pessoas – e continuavam resistentes à ideia.

O e-commerce e a pandemia

O que ninguém esperava é que 2020 viria com uma avalanche de emoções que tornariam tais preocupações secundárias no imaginário do consumidor.

Até mesmo países em que a transformação digital é mais avançada, como é o caso da China e Estados Unidos, observa-se uma mudança de comportamento em prol do consumo eletrônico a partir da pandemia de COVID-19.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Kantar[1] 55% dos consumidores chineses estão usando plataformas de e-commerce para realizar as suas compras e garantir o abastecimento de produtos em seus lares.

Nos Estados Unidos a reação não foi diferente e, segundo pesquisa realizada pela Coresight Research[2], 58% dos consumidores apontam que estão evitando áreas de grande aglomeração, o que inclui restaurantes, mercados e centros de compras.

Credibilidade virtual

E os impactos do isolamento social não são refletidos apenas no comportamento de circulação das pessoas pelos ambientes. As repercussões também incluem o tipo de credibilidade que o consumidor passa a esperar das empresas.

Um levantamento global realizado pela Nielsen, aponta que 49% dos consumidores se mostram mais dispostos a pagar a mais por um produto que receba certificações de qualidade e responsabilidade sanitária. Preocupação deslocada dos centros das atenções dos clientes até então.

Essas mudanças comportamentais nos trazem duas reflexões importantes:

i) se eu não tenho presença virtual e não disponibilizo vendas online ao meu consumidor, é hora de correr atrás do prejuízo;

ii) se eu já estou expert em vendas online e quero continuar vendendo durante a pandemia, preciso repensar a forma que me comunico com os clientes e que realizo a entrega do meu produto/serviço, trazendo mais garantias de cuidado sanitário ao meu processo.

E no Brasil?

De janeiro de 2020 até abril, o mercado eletrônico brasileiro observou um crescimento de 32% de novos autosserviços disponibilizados online pelas empresas e um acréscimo de 17% de novos consumidores virtuais, de acordo com informações da eBit.

E o mais interessante, é observar que setores do comercio que antes dominavam as vendas online, como era o caso de vestimenta, eletrônicos e acessórios, agora são vistos como produtos secundários para o consumidor, sendo que os produtos de saúde e alimentação diária (produtos de mercado e não comidas prontas ou fast-food), antes preferencialmente comprados em lojas físicas, estão disparando nas vendas.

Isso tem mostrado ao consumidor não só que é possível aderir ao comércio eletrônico nas mais diversas áreas, mas também que o e-commerce é um mecanismo e ferramenta extremamente importante para mercado e que está salvando o seu consumo durante um período tão caótico.

Por isso mesmo, garantir que a sua marca encontre um espaço virtual seguro, transparente com o consumidor, de fácil navegação e simples processo de compra é uma necessidade de sobrevivência que a pandemia trouxe ao mercado e que vai sobreviver ao surto de COVID-19, afetando todas as gerações posteriores à 2020.

Gostou da reflexão? Para compartilhar cada vez mais ideias interessantes com a gente, acesse o Blog Alternativa e fique por dentro de nossas postagens semanais. E se você busca um ERP robusto e completo, conheça o Mundo Alternativa Sistemas e todos os produtos e serviços oferecidos!

Que tal tirar suas dúvidas de como vender na internet após o isolamento social com a equipe Alternativa?

Nós da Alternativa Sistemas estamos fazendo a nossa parte e contamos com vocês para continuarmos crescendo juntos hoje e sempre! Por isso, divulgamos o nosso Plano de Ação frente à quarentena em prevenção ao Coronavírus (COVID-19). Neste plano de ação, divulgamos as prioridades que foram estabelecidas para atendimento e suporte durante o período de quarentena.

Estamos somente com atendimento remoto durante o período de quarentena (estamos todos trabalhando em home office):

– Se você quer vender na internet utilizando as soluções Alternativa como o ERP Master e-commerce, envie um e-mail para comercial@alternativasistemas.com.br ou ligue para (14) 3879-0580. E se você quiser solicitar um orçamento gratuito, de forma online, clique aqui!

Priorize seus chamados de suporte e atendimento via Helpdesk. Para acessar o Novo Help Desk da Alternativa, acesse o site: http://alternativasistemas.com.br/suporte

– Se você tem requisições financeiras, envie um e-mail para sac@alternativasistemas.com.br;

– Utilize o Telefone somente para chamados de urgência: (14) 3879-0580. Os chamados de urgência são classificados neste link.

Alternativa Sistemas, crescendo hoje e sempre junto com você.

Referências

[1] Pesquisa realizada em mil lares chineses.

[2] Pesquisa realizada com 2 mil pessoas.